Flor ou lenço: eis a questão!

Nós sempre falamos aqui do destaque que a noiva deve ter no grande dia. Mas, e o noivo? Sim, ele também é a estrela da noite, e também merece destaque. Como? Com uma flor na lapela (também chamado de corsages ou boutonniere). E é justamente sobre isso que falaremos hoje.

Muitos acham que a flor na lapela caiu em desuso e a consideram um tanto quanto antiquada, mas ela está voltando com força total, e eu particularmente acho uma graça.

A flor é utilizada pelo noivo, pais, padrinhos e pajens com a finalidade de destacá-los dos demais convidados, e deve ser colocada logo abaixo do ombro na lapela esquerda do meio-fraque, onde há um pequeno recorte para este fim. Ela deve ser presa por um pequeno alfinete que virá junto com a flor, mas NUNCA deve ser apenas “encaixada” no bolso. Assim:

 

O noivo deve ser o último a colocar a flor, pois ele recebe muitos abraços e isso pode amassá-la. Lembrando também que os cumprimentos devem ser feitos de forma menos “calorosa”, justamente para tentar manter a flor bonita até o fim da cerimônia.

A flor mais usada é o cravo (como o foto acima), e há até quem a prefira por ser uma flor mais “masculina”, mas também podem ser usadas as mini-callas, as mini-rosas, as angélicas, as astromélias, os jasmins, tulipas e até o denphal (uma espécie de mini-orquídea). Se o traje do noivo for o mesmo dos padrinhos e pais – meio fraque, por exemplo – a cor da flor do noivo deve ser diferente, para destacá-lo. Já se os trajes forem diferentes – os padrinhos usarem o terno e o noivo usar o meio-fraque – as flores podem ser iguais, pois o destaque se dará ao traje.

Mini Callas

Mini Rosas

Rosas

Astromélias

Jasmins

Pequenas Tulipas

Denphal

Orquídea

O tradicional cravo

Porém, existem noivos que não simpatizam muito com idéia de usar a flor na lapela. Se esse for o caso do seu querido, muita calma, pois nesse caso ele poderá usar um lenço bacana! Fica bem bonito e é super fácil de fazer. Abaixo, um tutorial do site da Martha Stewart ensinando como dobrá-lo da forma correta!

 

  O lenço pode ser de vários tecidos, porém, os mais comuns são o linho, ideal para ser usado durante a noite, e a seda, para o dia. Lembrando que quanto mais grosso o tecido, mais bonito fica o resultado! E para que ele fique firme, passe um ferro quente sobre ele em cada etapa.

E quanto à cor, deve-se sempre combinar com a gravata. Mas atenção: NUNCA, NUNQUINHA deve-se usar o lenço e a flor na lapela! Se optar pela flor, dispense o lenço e vice-e-versa, para não acabar ficando com o visual muito carregado.

 

E agora que você já sabe direitinho o que é e como usar a bouttoniere e o lenço, eu convido as leitoras do Papo de Noiva a darem a sua opinião: O que você acha mais elegante, a flor ou o lenço?

Anúncios
Esse post foi publicado em Dicas, Padrinhos e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s